Interlive BR

Canvas: o que é e como utilizar?

Canvas é uma ferramenta importante para quem trabalha com negócios. Por isso, explicaremos como ela funciona e como utilizá-la.

Leia o texto até o final e descubra os detalhes desta ferramenta que pode ajudar muito em diversas áreas.

O que é Canvas?

canvas

O Canvas é uma ferramenta que ajuda você a visualizar questões estratégicas de um negócio. Essa ferramenta tem como objetivo trazer praticidade e torna mais dinâmica a análise do que precisa ser realizado nas organizações.

Com o Canvas, em uma folha, é possível visualizar os pontos fundamentais de um plano de negócios. Consequentemente, pela sua praticidade, ele pode ser facilmente atualizado.

Canvas x plano de negócios

A diferença entre o Canvas e o plano de negócios é que o segundo complementa o Canvas, que é um modelo de negócio. Ou seja, primeiro se faz o Canvas e, a partir dele, constrói-se um plano de negócios para colocar em prática.

O plano de negócios vai mostrar o que é viável ou não, além de necessidades de investimento, tempo de retorno de investimento, custos, despesas, estratégias de marketing, metas, entre outros. Isso quer dizer que ele é profundo e dá trabalho, mas vale a pena ser realizado após a construção do Canvas.

As vantagens do Canvas

Suas vantagens são, como dissemos, sua praticidade e agilidade para seguir a sua lógica de criação, entrega e captura de valor.

Ela permite, portanto, enxergar, com mais clareza, o que se tem em vista, para determinado negócio. Isso facilita modificações e adaptações necessárias de maneira mais objetiva.

Os nove quadrantes do Canvas

Existem nove quadrantes a serem preenchidos no Canvas. Apresentaremos e explicaremos cada um deles a seguir.

1. Segmento de clientes do canvas

Neste quadrante, é preciso pensar em quem, qual grupo de pessoas o seu negócio quer atender. Ou seja, o seu público.

Para isso, é necessário saber para quem o seu negócio ou o que deseja realizar, cria valor; quem serão seus clientes, e se e como é possível segmentá-los.

Portanto, determinar qual nicho de mercado o seu negócio deseja alcançar é um passo essencial para ser tratado no Canvas.

2. Proposta de valor

A proposta de valor diz respeito ao que você e seu negócio querem entregar aos seus clientes. Nesse sentido, é essencial saber por que os seus clientes adquirirão determinado produto.

As perguntas que devem ser respondidas são: quais é a necessidade dessas pessoas, quais são as suas dores e quais problemas meu produto e/ou serviço pode resolver.  

3. Canais do canvas

Os canais nada mais são do que a maneira como você alcançará os seus clientes e entregará seus produtos e/ou serviços.

Nesta etapa, é importante saber que tipo de relacionamento seu negócio quer ter para que seu cliente tenha acesso ao que você oferece, quanto isso vai custar para a empresa.

A ideia aqui é facilitar esse relacionamento de acordo com o seu modelo de negócio.

Atualmente, existem diversos canais de comunicação, interação e acesso a produtos e serviços. Basta descobrir quais se adequam melhor aos seus clientes e ao seu negócio.

4. Relacionamento com os clientes

Quais estratégias serão definidas para que as vendas aconteçam e cresçam? Ou seja, como conquistar clientes e mantê-los fiéis ao seu negócio?

É importante, para isso, conhecer o perfil dos seus clientes, onde eles estão presentes. Alguns grupos utilizam mais a internet, ou redes sociais específicas em detrimento de outras, por exemplo.

Procure saber onde investir para não desperdiçar dinheiro onde seu público não está presente.

5. Fontes de receita

As fontes de receitas são as maneiras que seu cliente pagará pelo que você oferece. As perguntas importantes nesta etapa do Canvas são: quanto meus clientes estão dispostos a pagar pelo que eu oferecerei a eles? Por que eles decidem gastar com determinado produto ou serviço? Como eles escolher e preferem pagar por isso?

6. Recursos

Do que você precisa para que seu negócio funcione de verdade? Neste sentido, é necessário definir 4 tipos de recursos. São eles:

  • Físicos 

Os recursos físicos dizem respeito a equipamentos, locais, ferramentas, móveis, máquinas, veículos.

  • Intelectuais 

Já os recursos intelectuais referem-se a registros, marcas, habilidades necessárias para que a equipe seja eficiente.

  • Humanos 

Obviamente, os recursos humanos estão diretamente ligados às pessoas que trabalharão em suas equipes para que seu modelo de negócio seja colocado em prática com sucesso.

  • Financeiros 

Por fim, os recursos financeiros são os valores em dinheiro para que seu negócio seja colocado em prática.

7. Atividades-chave

Neste quadrante, você deve colocar as atividades que se relacionam desde a produção do produto até as atividades administrativas.

Isso inclui atividades que serão cotidianas para que seu negócio funcione adequadamente. É preciso saber, neste momento algumas informações dos outros quadrantes, como proposta de valor, canais, recursos e relacionamento com clientes para definir as atividades-chave.

8. Parcerias

As parcerias incluem fornecedores e parceiros que seu negócio precisa ou quer ter ao lado. É importante saber, de maneira estratégica, quais parceiros agregam valor ao que seu negócio oferece.

Além disso, é preciso considerar, por exemplo, quais parcerias ajudarão na otimização de processos.

Portanto, a escolha de parceiros é um momento importante, que precisa ser considerado quando seu negócio já tiver definido as informações de outros quadrantes já mencionados.

9. Estrutura de custos

É claro que não poderia faltar a definição dos custos que estarão envolvidos no seu negócio. Isso deve ser feito com o detalhamento dos custos de cada ponto colocado no Canvas anteriormente.

Nesse sentido, um passo imprescindível é definir os custos fixos e variáveis. Além disso, também vale ressaltar a importância de pontuar onde os custos podem ser reduzidos ou até eliminados.

Conclusão

O Canvas, como se pode observar, é uma ferramenta importantíssima para negócios. Sua praticidade ajuda muito na realização e no alcance dos objetivos de negócios, portanto vale a pena começar agora mesmo a colocá-la em prática.

Para entender mais sobre ferramentas de gestão que podem ajudar o seu negócio, venha conhecer os cursos da Interlive e matricule-se já para se qualificar e se preparar para o que o mercado tem exigido dos profissionais atualmente.

Comente aqui se você já aplica o canvas no dia a dia do seu trabalho. Em nosso instagram, linkedin e facebook temos mais conteúdo para você. Acesse!

Gostou desse post? Então Compartilhe !

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Witi
Vou te ajudar a interligar
sua empresa ao novo
mercado de trabalho